Teses e Dissertações


IMAGENS / REPRESENTAÇÕES DE PROFESSORA NA LITERATURA INFANTIL : UM CONFRONTO ENTRE A TRADIÇÃO E A INOVAÇÃO

Dissertação
Autor: Maura Maria Morais de Oliveira Bolfer
Orientador: Norma Sandra de Almeida Ferreira
Ano da Defesa: 2003
Resumo: O objeto de estudo do presente trabalho é a literatura infantil, e tem por objetivo principal identificar as representações/imagens de professora construídas em uma amostra composta por algumas obras da literatura infantil, no sentido de entender como tais representações constroem a mulher-professora, sua postura frente ao processo pedagógico e o modelo de escola em que atua. A escolha da literatura infantil como objeto de estudo se deveu ao fato de que é um dos principais instrumentos de trabalho na sala de aula, direcionado, portanto, ao público escolar e de caráter educativo. Ao longo do estudo, pôde-se observar um confronto entre opostos. Ora é a professora gorda, feia, carrancuda, autoritária. Ora é terna, amiga, linda, meiga, boazinha, compreensiva. Em um e em outro caso, o discurso verbal-visual da literatura infantil extrapola os limites destas escolas e personagens fictícias, e se projeta à sociedade, para aí difundir uma "moral" extraída do mundo observado pelo autor e por seu engenho criado.

Palavras-chave: não especificado


O ENSINO DE PSICOLOGIA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES - CONSTITUIÇÃO DE CONHECIMENTOS SOBRE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO POR ESTUDANTES DE LICENCIATURA

Tese
Autor: Clarisa Terezinha Guerra
Orientador: Sérgio Antonio da Silva Leite
Ano da Defesa: 2003
Resumo: Este estudo procurou investigar a contribuição do ensino de Psicologia na formação inicial de professores, focalizando o processo de constituição dos conhecimentos sobre aprendizagem e desenvolvimento por estudantes de licenciatura. Os dados foram obtidos na interação com uma amostra selecionada de sujeitos, constituída por 22 estudantes, com e sem experiência docente, em uma instituição pública de ensino superior. A partir da realização de entrevistas semi-estruturadas, das anotações do diário da pesquisadora e dos sujeitos e da seleção de documentos, foi efetuada a análise do conteúdo do material. Os resultados evidenciaram que os sujeitos possuem expectativas e conhecimentos prévios sobre aprendizagem e desenvolvimento, que são ressignificados de acordo com as condições objetivas oferecidas pelo ensino da disciplina, encontrando sentido nas experiências da história individual de cada estudante. O entendimento dos sujeitos tem implicações nas concepções sobre o encaminhamento de situações de ensino, o que permite concluir que a melhoria do processo de formação docente pode reverter-se em benefício da escolarização básica.

Palavras-chave: não especificado


O LER POR PRAZER

Dissertação
Autor: Fernanda Torresan Marcelino
Orientador: Lilian Lopes Martin da Silva
Ano da Defesa: 2003
Resumo: "Como se formou entre pais, alunos e educadores a idéias de que a leitura da literatura deve ser uma experiência obrigatoriamente de prazer dentro do contexto escolar?" Tendo como pressuposto as idéias de Bakhtin de que a força de um discurso está em seu jogo polifônico e de que cada época e cada grupo social tem um repertório discursivo, esta dissertação propôs-se buscar o processo de construção dessa forma de entendimento da leitura, empreendendo uma investigação em discursos produzidos para e por professores da década de 80. Selecionou-se, do amplo campo discursivo dessa área, quinze exemplares da revista "Leitura:Teoria e Prática", publicada pela ALB: Associação de Leitura do Brasil (nº zero ao 14); uma campanha de promoção de leitura, "A Ciranda de Livros", da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil; resumos de dissertações e teses sobre leitura defendidos em 80 e constantes do Catálogo presente no livro " A Pesquisa em Leitura no Brasil (1980-1995) de Norma Sandra de Almeida Ferreira, além de tomar como ponto central as idéias de Roland Barthes sobre o prazer de ler. 

Palavras-chave: não especificado


OS LIVROS NA ESCOLA ESTADUAL BARÃO GERALDO DE REZENDE : ENTRE A BIBLIOTECA E A SALA-AMBIENTE

Dissertação
Autor: Maria do Carmo Bianchi
Orientador: Lilian Lopes Martin da Silva
Ano da Defesa: 2003
Resumo: Com o objetivo de criar um ambiente propício e colaborador na formação do leitor, montou-se uma sala-ambiente para Língua Portuguesa, na Escola Estadual Barão Geraldo de Rezende, em campinas, São Paulo. Este trabalho narra o processo de idealização e construção deste ambiente. Também narra uma pequena história dos livros e da biblioteca, resultante da busca do passado deste acervo nesta instituição. Ressaltam-se as tensões entre as duas forças opostas agindo sobre a vida da biblioteca na escola : a de sua destruição e de sua regeneração. A vontade que nos guiou e conduziu nesse processo foi a de conhecer, recuperar e registrar as diferentes formas de existência de uma biblioteca escolar, numa instituição com mais de 30 anos.

Palavras-chave: não especificado


A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES : AS AÇÕES DO PEC EM UMA ESCOLA DA REDE PÚBLICA PAULISTA

Dissertação
Autor: Maria do Carmo Abib de Moraes Polimeno
Orientador: Sérgio Antonio da Silva Leite
Data da Defesa: 17/04/2002
Resumo: Esta pesquisa, através de estudo de caso, teve como objetivo avaliar em que medida as experiências vivenciadas pelos professores de uma escola pública paulista, durante o Pec, resultaram em mudanças em suas práticas pedagógicas em sala de aula. Os dados foram coletados através de entrevistas semi-estruturadas com seis professores.

Palavras-chave: não especificado


PRÁTICAS DE LETRAMENTO DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO : UM ESTUDO DESCRITIVO

Tese
Autor: Eliane Porto Di Nucci
Orientador: Sérgio Antonio da Silva Leite
Data da Defesa: 07/01/2002
Resumo: Este trabalho objetivou descrever e analisar as práticas de letramento de jovens do Ensino Médio. Os dados foram coletados através de um questionário, o qual visava descrever as práticas de leitura e escrita, e de entrevistas, que tinham como objetivos explorar as informações já obtidas e explorar as práticas que envolviam os meios de comunicação. Esses dados foram analisados através de análise estatística (Qui-Quadrado) e da análise do conteúdo das respostas. Os resultados mostram que esses jovens reconhecem as funções sociais da leitura e da escrita, embora enfatizem as práticas vinculadas ao contexto escolar. Diante de dificuldades em compreender ou redigir um texto, eles apresentam diferentes estratégias cognitivas e comportamentais. Eles buscam a leitura dos meios comunicação escritos, particularmente jornais e revistas, por auxiliarem na leitura e na escrita. A internet não é citada como prática de letramento. Os meios de comunicação audiovisuais parecem contribuir pouco para a leitura e a escrita. Conclui-se que todas essas práticas contribuem para a inserção social e que os conteúdos acadêmicos devem promover a reflexão crítica e autônoma sobre o mundo letrado para que os jovens possam exercer a cidadania.

Palavras-chave: não especificado


A LEITURA NA FORMAÇÃO BÁSICA DO PEDAGOGO: REFLEXÃO E PROPOSTA

Dissertação
Autor: Carmem Lúcia Faraco Rodrigues
Orientador: Ezequiel Theodoro da Silva
Ano da Defesa: 2002
Resumo: A presente pesquisa se situa no interior da problemática da formação do leitor/professor/aluno do curso de pedagogia e o seu compromisso na formação de outros leitores. O trabalho foi realizado com um grupo de alunas do Instituto de Ensino Superior de Mococa. Para isto, retomou-se o percurso das histórias de vida, com o objetivo de chegar às histórias de leitura e de leitores, tendo como apoio os referenciais teóricos de Roger Chartier e António Nóvoa, no que se refere às práticas de leitura e à construção da profissão docente. Da exposição dos sujeitos a situações de leitura pretendeu-se chegar a uma ressignificação do leitor/professor e do seu papel na formação de outros leitores. O processo exigiu que se passasse pela discussão práticas de leitura instaladas no curso de pedagogia, donde emergiram alguma questões: a maneira de apropriação do texto pelo aluno, a história individual de leitura e a possibilidade/compromisso de formar leitores num curso de terceiro grau.

Palavras-chave: não especificado


ALFABETIZAÇÃO NUMA PERSPECTIVA CRÍTICA: analise das praticas pedagogicas

Dissertação
Autor: Cíntia Wolf do Amaral
Orientador: Sérgio Antonio da Silva Leite
Ano da Defesa: 2002
Resumo: Esta pesquisa tem como referencial teórico as idéias de Paulo Freire, que considera a alfabetização como parte integrante do processo político/educativo de desenvolvimento da consciência crítica dos educandos. Neste sentido, pretendeu identificar e analisar práticas pedagógicas constituintes de um processo de alfabetização com crianças desenvolvido nesta perspectiva. Para este fim, foram coletados dados em uma sala de primeiro ano de uma escola particular de Campinas. Os dados foram obtidos através de sessões de observação em sala, que permitiram a descrição das atividades onde houvesse produção de texto pelos alunos, e sessões de autoscopia, as quais possibilitaram coletar dados sobre as concepções da professora envolvida neste processo. A análise dos dados permitiu uma reflexão sobre o papel do professor como mediador neste processo, do aluno como indivíduo reflexivo e ativo em sua aprendizagem e do texto como ponto de partida e chegada do processo de alfabetização, cujos temas possibilitam a análise dos conflitos e contradições das relações sociais, capacitando os educandos para a apreensão crítica da realidade.

Palavras-chave: não especificado


DESENHO ANIMADO: O DISCURSO-IMAGEM

Dissertação
Autor: Maria Cristina Rosa Wenzel
Orientador: Ezequiel Theodoro da Silva
Ano da Defesa: 2002
Resumo: Nosso trabalho é uma abordagem crítica dos valores transmitidos pelo desenho animado "Os Simpsons" a partir da natureza de sua relação com a realidade social em termos de análise do grau de compreensão da mensagem pelo receptor juvenil, na faixa de 11 a 15 anos. Buscamos em nossa leitura compreender os mitos naturalizados no espaço social e, conseqüentemente, no processo de produção e recepção, ou seja, a partir de sua relação com o imaginário individual e coletivo que determinam tanto os caminhos percorridos no processo de criação, como os percorridos no processo de leitura do desenho. Desta forma, analisamos as ideologias, as falsas evidências e a maneira como os adolescentes as interpretam; como se dá a compreensão dos paradigmas veiculados por essa expressão artística, através do discurso-imagem: estruturação de cenas, caracterização de personagens, enfim, através da metacomunicação: análise, no processo de comunicação, de como o meio "dá a ler" o objeto veiculado.

Palavras-chave: não especificado


FANTÁSTICO : UM DRAGÃO NOS CURRÍCULOS ESCOLARES

Dissertação
Autor: Terezinha de Jesus Lopes Ferreira Leite
Orientador: Ezequiel Theodoro da Silva
Ano da Defesa: 2002
Resumo: Esta dissertação realiza-se através de uma pesquisa bibliográfica que tem como propósito principal explicitar uma concepção de "fantástico" voltada, não apenas para a especificidade do "gênero", mas também para os mistérios da vida, bem como a sua articulação com a imaginação criadora , discutindo as possibilidades de sua inserção nos currículos escolares dos ensinos fundamental e médio, considerando algumas contradições inerentes ao próprio tema e outras que envolvem a inevitável escolarização que atinge a leitura literária. Ao caracterizar o "fantástico" na literatura nos polos da produção e da recepção da leitura, destaco alguns pontos de contato em relação aos "gêneros" que lhes são fronteiriços e explicito a articulação que existe entre o "fantástico" e a imaginação criadora para expressar uma visão mais profunda da realidade. Uma vez possível a inserção do "fantástico" nos currículos escolares constato que, ao vincular-se a uma pedagogia do imaginário, suas narrativas podem se constituir num instigante leitmotiv da leitura literária na escola, estimulando o pensamento criador do leitor para a realização de uma leitura polissêmica.

Palavras-chave: não especificado